Curitiba poderá ter o maior número de candidatos a prefeito de todo o século em 2020

A data das eleições municipais está chegando e o número de candidatos prefeitura de Curitiba 2020 promete bater o record de número de candidatos neste século. Até o momento as pré-candidaturas valem até três meses do primeiro turno e já são 19 nomes participando em diferentes siglas partidárias. A quantidade de vereadores candidatos não é proporcionalmente maior aos dos demais anos, mesmo assim.  

A diversidade de candidaturas também é válida para os partidos concorrentes. Até o momento somente dois estão pleitando o cargo de prefeito pela mesma sigla, que são o ex-prefeito Gustavo Fruet e do deputado estadual Goura, ambos do PDT. Ainda não se sabe qual deles vai concorrer até a candidatura oficial, mas estima-se que serão unificados numa mesma chapa, tendo um deles como vice.

As convenções estão marcadas para acontecer no dia 31 de agosto e 16 de setembro, o que foi estabelecido com as alterações do calendário de eleições municipais criado pelo Supremo Tribunal Eleitoral, qual foi modificado em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Acredita-se que a capital paraense até lá tenha pelo menos 18 candidatos confirmados e concorrendo no primeiro turno. O número é o dobro dos 9 concorrentes nas últimas eleições de 216 e pelo menos com cinco nomes a mais do que das eleições de 2004.

Entre os candidatos que já estão falando sobre a tentativa de concorrer ao cargo de prefeito de Curitiba estão nomes conhecidos, que já participaram de outras eleições. São eles:7


  • Rafael Greca, o atual prefeito (DEM);
  • Ney Leprevost (PSD);
  • Luciano Ducci (PSB);
  • Luizão Goular (Republicanos);
  • Fernando Francischini (PSL);
  • Paulo Opasuska (PT) e Chistiane Yared
  • Carol Arns (filha do senador Flávio Arns (Podemos);
  • Letícia Lanz com Giana de Marco como Vice (PSOL);
  • Mocellin (PV);
  • Camila  Lannes (PCdoB);
  • Thiago Chamulera (Patriota);
  • Edson Lau (PSDB);
  • Zé Boni (PTC);
  • Fabricio Santos (PMB)
A realização de dois turnos nas eleições de Curitiba com uma grande quantidade de candidatos como essa poderá mostrar algo inédito na cidade e dependerá em grande parte de como vai correr as campanhas eleitorais até lá. Até o momento, as pesquisas estão apontando grande preferências entre umnome e outros, o que pode fazer com que o segundo turno não seja tão concorrido assim como pode parecer por conta da quantidade de siglas e nomes concorrentes.